BEM-VINDOS

Espiritualidade

> Espiritualidade

Portugal conta com uma população, maioritariamente, católica (80%) e, embora a Constituição Portuguesa de 1976 garanta a liberdade religiosa, a verdade é que a Igreja católica continua a marcar a tradição e a cultura portuguesa – 53% dos jovens portugueses afirmam-se como católicos, um número superior à média europeia.

Com 4380 paróquia, distribuídas por 21 dioceses, são muitas as basílicas, capelas, catedrais, conventos, ermidas, igrejas e mosteiros que se descobrem ao longo do nosso País e que contam a história do lugar e o percurso histórico de quem o habita. Mas, muito mais do que igrejas, mosteiros, sacerdotes, irmãs e ritos, a religião, enquanto sinónimo de fé, é um sentimento de total crença, e um chamamento para seguir Jesus.

Ter fé é algo que está intimamente ligado à confiança em Deus. Ter fé implica a experiência do Amor do Reino de Deus e da Igreja de Jesus, que todos formamos. E é isso mesmo que vamos poder viver, no próximo ano, com a realização, em Lisboa, da Jornada Mundial da Juventude, que tem Maria como figura central.

Em Portugal, o culto a Nossa Senhora existe desde a fundação da nossa nacionalidade, e deu origem a diversos mosteiros, igrejas e santuários – sendo o Santuário da Fátima um dos mais conhecidos. A figura de Maria, Mãe de Deus, é uma presença constante nas manifestações católicas em Portugal e, por feliz coincidência, a citação bíblica escolhida pelo Papa Francisco como lema da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa faz referência à Visitação: “Maria levantou-se e partiu apressadamente” (Lc 1, 39).

Nestes tempos de Graça que estamos a viver, e que antecedem a realização da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023, deixemo-nos guiar por Maria, abrindo o nosso coração ao Amor de Deus. Façamos como Maria que “partiu apressadamente” e recebamos, de braços abertos, esta importante oportunidade de sermos Igreja!

Fátima

É um dos maiores locais de devoção mariana do mundo. A cerca de 130 km de Lisboa, Fátima recebe, anualmente, segundo as estimativas dos últimos anos, entre 5 e 6 milhões de peregrinos de todo o mundo. Em resposta a um pedido feito por Nossa Senhora – que, no ano de 1917, a 13 de maio, apareceu na Cova da Iria, a três crianças humildes: Lúcia Santos, 10 anos; Francisco Marto, oito anos; e Jacinta Marto, sete anos – foi construída a Capelinha das Aparições. Mas Nossa Senhora pediu também aos pastorinhos orações e sacrifícios pelos pecadores e, na terceira e última aparição, o anjo surge trazendo o cálice e a hóstia sagrados, fazendo os pastorinhos comungar.

A Capelinha das Aparições tornou-se, assim, o coração do Santuário, mas, o Santuário continuou a crescer, como resposta ao crescente número de peregrinos que ali se dirigem durante todo o ano.

A fama mundial do Santuário de Fátima está muito ligada ao pontificado de João Paulo II. Devoto de Nossa Senhora de Fátima, João Paulo II, em 1982, deslocou-se a Fátima em agradecimento por ter sobrevivido a um atentado, um ano antes, no dia 13 de maio de 1981. Em 2000, na sua terceira visita ao Santuário, João Paulo II anunciou a beatificação de Jacinta e Francisco.

Em 2017, no Centenário das Aparições, Francisco e a sua irmã Jacinta foram canonizados em Fátima pelo Papa Francisco. Nesse ano o número de peregrinos superou todas as expetativas, tendo chegado aos 9,4 milhões de pessoas.

Todos os meses, se não todos os dias, milhares de peregrinos dirigem-se a Fátima guiados pela sua fé. Partindo de diversos pontos do país, muitos deles fazem esse percurso a pé, seguindo por estradas e caminhos rurais.
Ao chegar é impossível ficar indiferente à tranquilidade, paz e espiritualidade que se vivem dentro do Santuário. Já no Recinto das Orações, descobre-se a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima com a sua imponente torre de 65 metros. Ao centro, está o Monumento ao Sagrado Coração de Jesus e, num dos lados, a Capelinha das Aparições.

A Igreja da Santíssima Trindade – Basílica Menor, que foi inaugurada em 2007, é uma moderna obra de arquitetura com 125 metros de diâmetro. No exterior, está uma Cruz Alta em bronze.

Em Fátima respira-se serenidade e espiritualidade, Maria, Mãe e Mestra, estende sobre cada um de nós o seu olhar terno e suave, que nos acalma e nos dá a certeza de que Ela está sempre a nosso lado, para nos amparar e guiar, em qualquer circunstância

Põe-te a caminho!

Subscreve a nossa newsletter e acompanha todas as novidades da JMJ Lisboa 2023