Movimento Juvenil Salesiano

> Movimento Juvenil Salesiano

O Movimento Juvenil Salesiano é um movimento de comunhão de diversos grupos e associações juvenis integrados na pastoral juvenil dos Salesianos e das Salesianas, unidos pela proposta educativa e evangelizadora inspirada no espírito e estilo de S. João Bosco e S. Maria Domingas Mazzarello.

O Movimento Juvenil Salesiano (MJS) nasceu oficialmente em 1988, centenário da morte de São João Bosco. Na sua origem está o Movimento dei Oratori Giovanile Salesiano (MOGS), quando em Itália, na década de 70, os jovens dos oratórios salesianos promovem os primeiros encontros de partilha da experiência de viver o carisma salesiano. À medida que a participação nestes encontros começa a incluir não só os jovens dos oratórios mas também dos vários ambientes dos salesianos e das salesianas, o nome é alterado para MJS (Salesian Youth Movement, ou SYM na sigla inglesa). Nas décadas seguintes o movimento cresceu e fez-se presente nas várias obras salesianas espalhadas por todo o mundo.

O MJS, como movimento de caráter educativo oferecido a todos os jovens para os tornar sujeitos e protagonistas do seu crescimento humano e cristão, com impulso missionário, capacidade de participação ativa no meio envolvente e de inserção e apoio à Igreja local, propõe uma espiritualidade baseada em cinco núcleos:

  • Espiritualidade do quotidiano, lugar onde o jovem reconhece a presença de Deus e vive a própria realização pessoal.
  • Espiritualidade da alegria e do otimismo no quotidiano, sem renunciar ao compromisso e responsabilidade.
  • Espiritualidade da amizade com o Senhor Jesus, de onde nascem as razões da esperança para a vida.
  • Espiritualidade da comunhão eclesial, ambiente natural para o crescimento na fé, através dos sacramentos e da devoção mariana.
  • Espiritualidade do serviço responsável, através de uma colaboração ativa para com os desfavorecidos.

Participação do MJS na JMJ

A presença dos jovens de carisma salesiano no maior acontecimento da juventude e da Igreja a nível mundial demonstra que os jovens de Dom Bosco fazem escutar a sua voz, participam ativamente na sociedade e empenham-se nos compromissos eclesiais.

A presença organizada do MJS na JMJ tem vindo a ganhar tradição ao longo das últimas edições deste marco da Igreja, por um lado, através da promoção da participação organizada enquanto movimento; por outro, com o acolhimento desses grupos em casas salesianas nas quais se vive um ambiente verdadeiramente familiar; e ainda, com a organização do Fórum SYM e da Festa SYM, como locais de diálogo e reflexão, o primeiro, e de animação e festa, o segundo.

É também uma oportunidade de visibilidade da dimensão mundial do Movimento Juvenil Salesiano.