Patronos JMJ

São João de Brito

São João de Brito dedicou sua vida ao serviço dos outros e ao anúncio do Evangelho. Este missionário jesuíta do século XVII, viajou para a Índia e dedicou sua vida à conversão de muitos ao cristianismo.

  • Nascimento1 de março de 1647
  • Morte4 de fevereiro 1693
  • Canonização 22 de junho de 1947
  • Festa Litúrgica4 de fevereiro

João de Brito nasceu em Lisboa, em 1647, no seio de uma família nobre. À medida que ia crescendo, o amor a Jesus aumentava dentro de si, bem como a vontade de se tornar missionário.

Aos 15 anos de idade ingressou na Companhia de Jesus, tendo feito o noviciado em Lisboa. Depois foi enviado para Évora onde foi ordenado presbítero. Nesse momento, manifestou também a sua intenção para ser missionário. Conseguiu a permissão dos seus superiores para partir para missão, e seguiu com 27 confrades jesuítas, para a Índia.

Conhecido como o “Francisco Xavier de Portugal”, depois de ter sido torturado, o padre João regressou a Portugal, mas o seu desejo de “morrer na Índia anunciando o Evangelho” fez com que regressasse. Foi preso, em 1693, espancado e enviado para a prisão. Foi, depois, enviado para Oriur, onde foi condenado à decapitação, no dia 4 de fevereiro, por professar a fé cristã.

Dpois da sua morte foram relatados muitos milagres e o padre João de Brito foi beatificado pelo Papa Pio IX, em 21 de agosto de 1853, e, declarado Santo, pelo Papa Pio XII, em 1947.

A sua festa litúrgica é celebrada a 4 de fevereiro.

Põe-te a caminho!

Subscreve a nossa newsletter e acompanha todas as novidades da JMJ Lisboa 2023